sábado, 17 de janeiro de 2015

Eu.. mãe e mulher!

Sem dúvida que a primeira semana, o primeiro mês não foi fácil, mas posso tranquilizar as futuras mamãs que com o passar do tempo as coisas ficam  mais fáceis.
Os amigos diziam-nos sempre que "depois do primeiro mês e meio as coisas tornam-se mais fáceis" e foi verdade!

Já me sinto muito melhor e o Gustavo deixou de ser recém nascido, aquele bebezinho pequenino e super frágil. Assim que fez um mês e uma semana parece que cresceu e nós também ficamos mais à vontade e a conhecer cada vez melhor o nosso bebé.

Sinceramente não foi fácil... é complicado a adaptação à nova vida e rotina, o cansaço, a exigência de um bebé e perceber que a nossa vida mudou afetou-me um pouco.
Houve dias, há e haverá dias que vou abaixo e sinto que ser mãe é uma tarefa super  difícil e muito exigente e penso na minha vidinha tranquila antes de ser mãe. Não posso mentir... fico com saudades, mas sei que daqui a um tempo olho para trás e vejo que foi tudo tão fácil e que passou num instante!
Para além destas dificuldades... o que interessa é que o Gustavo é lindooo e cheio de saúde! É o mais importante... quando olho para ele vejo a perfeição.
Ser mãe é um privilégio e um milagre da natureza.

A natureza também foi simpática comigo, pois não fiquei com sequelas da gravidez e do parto.
Calma aí... Não ficamos as mesmas claro, mas não me posso queixar. Passado duas semanas ou três (para não estar a exagerar) atingi o meu peso inicial e não fiquei com estrias.

Já fui à famosa consulta do puerpério (é cada palavra nova!!!) e o médico disse que estava ótima(mentiroso!).
O meu corpo passou por uma grande transformação e nos próximos meses ainda há muita coisa a ir ao sítio e só no final da amamentação e a vinda da menstruação é que tudo vai voltar a ser como era (ou não!!!).
No final da gravidez já estava com saudades do meu antigo corpo, mas a recuperação pós parto demora o seu tempo... há que aguardar e que tal um ginásio!! O problema agora é o tempo!
Dizem que as mães ficam mais produtivas e multitasking... agora é saber gerir o tempo.
Uma coisa é certa, acabamos por nos esquecermos de nós, mas isso não pode ser. Sem dúvida que já não estamos em primeiro lugar, mas temos de fazer uma pausa, respirar e olhar para o nosso umbigo!
Carpediem... aproveitar um dia de cada vez! Não fazer grandes planos e saborear o presente (é por isso mesmo que se chama "presente").
Beijos mamães e mulheres com garra




Sem comentários:

Enviar um comentário